Chat GPT vai acabar com o No Code?

Todo mundo (ainda) está falando sobre o Chat GPT e No Code. Neste artigo vamos abordar como eles se relacionam e como desenvolvedores e pessoas de negócio podem utilizar ambas em conjunto para se beneficiar.

Onde as LLMs e o No Code se encontram?

As LLMs (Large Langue Models) e o No Code são duas áreas da tecnologia que têm se destacado nos últimos tempos. Enquanto as LLMs são modelos de inteligência artificial que têm a capacidade de gerar textos, imagens, vídeos e muitas outras coisas a partir de um comando, a segunda é uma abordagem que permite criar aplicativos e sistemas sem a necessidade de escrever código.

Apesar de serem conceitos distintos, ambaspodem se encontrar em alguns pontos.

Uma das formas em que ase encontram é na automação de processos. As LLMs podem ser utilizadas para gerar trechos de código, facilitando a criação de aplicativos e sistemas no No Code. Isso significa que é possível utilizar a inteligência artificial para auxiliar na construção de soluções sem a necessidade de programação manual.

Outra forma em que  se encontram é na geração de conteúdo. As LLMs têm a capacidade de gerar textos completos e coerentes, o que pode ser útil na criação de conteúdo para sites, blogs e redes sociais. Dessa forma, é possível utilizá-las para gerar automaticamente o conteúdo de um aplicativo ou sistema criado no No Code.

A IA Generativa irá acabar com o No Code?

No entanto, é importante ressaltar que a IA Generativa, representada pelas LLMs, não irá acabar com o No Code. Pelo contrário, ela pode ser uma aliada poderosa no desenvolvimento de soluções sem a necessidade de codificação. Ela pode ser utilizada para tornar o processo de criação  ainda mais eficiente e produtivo.

Com o avanço da inteligência artificial, é possível que o desenvolvimento de soluções sem ou com pouco código seja ainda mais facilitado. A IA pode auxiliar na geração de código, na criação de interfaces intuitivas e no aprimoramento dos recursos disponíveis no No Code.

Como desenvolvedores podem se utilizar de ambas tecnologias?


Uma possibilidade é que a IA Generativa possa complementar o No Code, oferecendo recursos avançados e sugerindo melhorias nas soluções desenvolvidas. Dessa forma, ela poderia auxiliar os desenvolvedores a criar soluções mais sofisticadas e eficientes. Nesse contexto, os programadores teriam a função de avaliar e implementar as sugestões geradas pela IA Generativa, garantindo a qualidade e adequação das soluções.

Além disso, eles criariam as bases e as ferramentas necessárias para que o low code e no code sejam viáveis. É importante ressaltar que a IA generativa não irá necessariamente acabar com o No Code, mas sim complementá-lo. As LLMs podem ser utilizadas para gerar partes de código ou auxiliar no processo de desenvolvimento, permitindo que os usuários tenham mais opções e possam criar soluções mais sofisticadas.

E as pessoas de negócio?

Já as pessoas de negócio desempenham um papel fundamental na utilização do No Code e da IA Generativa. Elas são responsáveis por identificar necessidades e oportunidades de negócio, definir os requisitos e objetivos das soluções a serem desenvolvidas e alinhar as demandas com os recursos tecnológicos disponíveis. Além disso, a expertise em negócios é essencial para garantir a viabilidade e efetividade das soluções criadas


Fale Conosco

Mais artigos